Rua Apinagés, 1861, Sumaré – São Paulo/SP

Alda Darc

Alda Darc

Me chamo Alda Darc e quero deixar registrado o meu depoimento sobre o Reiki. 

Conheci o Dharma em 2010 quando ganhei de presente do meu marido Gilberto Souto, que já frequentava o Centro de Dharma desde 1994, a iniciação de Tchagwang NgalSo Reiki I, de Tara  Verde e de Vajrayoguini, com Lama Gangchen Rimpoche. 

Eu vinha de 34 anos de prática de Johrei, mas a paixão e identificação com o reiki foi imediata e decidi, naquele momento me dedicar a ele. Fiz o nível 1 do método Usui, necessário para trabalhar no ambulatório do Dharma e o nível 2, com Lama Gangchen Rimpoche. Comecei a aplicar, com dedicação. 

Pouco tempo depois descobri que estava diabética e com hepatite C. Após me recuperar do choque inicial, tomei a difícil decisão de parar de tomar os remédios e desafiar o Reiki, acreditando em minha cura. 

O tempo foi passando e, devagarinho o vírus foi se estabilizando e diminuindo a carga. Continuei insistindo no Reiki, dedicando às quintas e depois as terças – feiras ao ambulatório.  Minhas amigas reikianas Salete e Wanda acompanharam a minha trajetória incessante e ininterrupta atrás da minha cura por todos esses anos. Estiveram ao meu lado a cada resultado dos exames, podendo atestar a veracidade dos fatos. A cada exame a carga viral diminuía e, a glicose vinha com picos de 530, 480, 360 e diminuindo. Não desanimei e continuei dedicando. 

Em 2016 fui para o Uruguai e me tornei Mestra em Reiki com Álvaro Wurth. Gendai Reike Ho, Reike tradicional japonês. Depois de ter feito a reciclagem do nível 1 e 2 e 7 anos de voluntariado, quando surgiu a oportunidade de construir a nossa amada Stupa, estive presente, ajudando onde me foi permitido, me entregando e dedicando a minha cura e foi quando a minha carga viral começou realmente a diminuir.

Em 2017 me mudei para Florianópolis e continuei aplicando Reiki, coincidentemente, nos mesmos dias que eu dedicava ao ambulatório do Dharma, o que acredito, ajudou a criar um link muito forte com o que eu tinha me dedicado por tantos anos. Voltava sempre à São Paulo por ocasião da visita dos Lamas. Agora, no início de 2019 meu médico me disse que a minha carga viral estava bem baixa e que eu deveria tomar o remédio pelo menos por um mês para zerar. Assim o fiz e hoje estou curada, conforme exames anexos. 

De 2010 até hoje eu realmente testei o Reiki com insistência, Fé e dedicação. Não foi de uma hora para outra. Os Seres Sagrados vão nos guiando, mostrando o caminho e nos ajudando a superar os obstáculos, o desânimo e a domar o desespero. É preciso confiar no nosso Guru e guia espiritual.

Peço desculpas se não consegui relatar melhor o meu testemunho mas, para mim ainda é difícil falar sobre isso tudo pq me emociono muito todas as vezes que revejo minha trajetória de cura. É muito forte e a mais pura verdade. 

Agradeço infinitamente ao meu Guru Lama Gangchen e ofereço a ele a minha cura. Sou grata. Tashi Delek!

 

Alda Darc Machado Emilio – Jampa Tsumo 

X