Rua Apinagés, 1861, Sumaré – São Paulo/SP

Lama Gangchen Rinpoche

Lama Gangchen Rinpoche

Biografia Resumida

Lama Gangchen Rinpoche nasceu no Tibet ocidental em 1941. Ainda criança foi reconhecido como a reencarnação de um lama curador e entronizado no Monastério de Gangchen Choepeling aos cinco anos de idade. Desde então estudou medicina, astrologia, meditação e filosofia em duas das maiores universidades monásticas do Tibet e India: Sera e Tashi Lhumpo.

Completou sua formação também em outros monastérios como Gangchen Gompa, Tropu Gompa e no Monastério Neytsong. Em 1963, na India, continuou nos sete anos seguintes, seus estudos de sânscrito na Universidade de Varanasi Sanscrit, em Benares. Em 1970 recebeu o titulo de Gueshe Rigram, similar ao que no Ocidente é conhecido como doutor, pela Universidade Monástica de Sera, no sul da India. Também esteve junto a grandes mestres como Trijang Rinpoche, Ling Rinpoche, Song Rinpoche entre outros importantes mestres.

Além dos estudos teóricos em filosofia, sempre manteve suas práticas. Após sua graduação, se dedicou como Lama curador entre as comunidades tibetanas do sul até o norte da India, Nepal e Sikkim, onde curou e salvou as vidas de muitas pessoas e se tornou médico particular da Família Real do Sikkin.

Em 1981, Lama Gangchen visitou a Europa pela primeira vez e no mesmo ano também estabeleceu seu primeiro centro europeu: Karuna Choetsok, em Lesbos, Grécia, onde plantou a árvore bodhi no Jardim de Buddha e consagrou, thangkas, imagens e o que viria a se tornar a primeira de uma longa linha de Buddhas da Paz Mundial. Mais tarde ele foi viver na Itália onde reside até hoje.

Desde 1982, ele trabalha extensivamente, curando, ensinando e conduzindo muitas peregrinações através do mundo para alguns dos mais importantes lugares sagrados.

Durante muitos anos, Lama Gangchen tem promovido um projeto muito importante: o estudo da Medicina Tradicional Tibetana, um vasto tesouro para a humanidade, ainda desconhecido para muitos.

Adaptou de forma excelente os ensinamentos tradicionais desde os tempos Buddha, trazendo-os de forma acessivel ao estilo de vida moderno. Seu método, Autocura Tântrica Ngal-So baseia-se nos ensinamentos de Buddha para atender às necessidades das pessoas do mundo moderno.

Iniciou suas atividades com a fundação da Kunpen Lama Gangchen Institute para a preservação da tradição médica tibetana em Milão, Itália, em 1989, onde deu início aos primeiros programas extensivos de medicina e estudos astrológicos do Himalaia para estudantes ocidentais. Também comprometido com a preservação da cultura himalaiana, incentiva cursos de filosofia budista, pintura de thangkhas e outras artes. Convidou diversos grupos de monges tibetanos da Índia e Nepal para irem à Europa construir mandalas de areia e realizar as danças sagradas Cham, todas elas dedicadas à Paz Mundial.

A Lama Gangchen World Peace Foundation – LGWPF, uma Organização Não Governamental, foi fundada na Itália em 7 de julho de 1992, e oficialmente reconhecida pelo Ministério da Cultura Espanhol em novembro de 1993. Desde 1997 permanecia associada ao Departamento de Informação Pública (DPI) das Nações Unidas, recebendo o status especial de ECOSOC – Economic and Social Development, em 2008.

Atualmente reside na Itália ao lado de seus discípulos, dentre os quais estão Lama Michel Rinpoche e Lama Caroline Gammon. Todos os anos organiza uma peregrinação para o templo de Borobudur, em Java, na Indonésia e trabalha incansavelmente para a paz mundial e para a paz no meio ambiente.

Fonte: Portal NgalSo

X